Oficina de Danças Circulares no Festival de Inverno de Paranapiacaba!

Estão todos convidados a participar no dia 20 de julho, de mais uma Oficina de Danças Circulares no Festival de Paranapiacaba!

Largo do Padeiro, 17:00 horas

Realização: Projetos de Extensão Dança Circular na UFABC, Diversidades em Performances e Programa de Extensão Memória dos Paladares

Highland Lilt – Origem: Escócia Coreografia: Bernhard Wosien

A dança acontece por meio de uma sequência de passos simples: nos posicionamos de mãos dadas, dando dois passos para a direita e, em seguida, balançando, com a perna esquerda e a direita, de frente para a roda, também por duas vezes. Ao longo da dança, o/a focalizador/a pode soltar uma das mãos e conduzir os participantes do círculo pelo espaço, serpenteando, formando espirais e retomando o círculo ao final. É uma música que mescla o caráter folclórico e étnico com um aspecto meditativo, pois a beleza da melodia ritmada e a simplicidade dos passos da dança favorecem a concentração, a integração e a atenção a si mesmo, aos outros e ao grupo.

Dança do Agradecimento (Bernhard Wosien)

Música: Luz — Rubinho do Vale; Coreografia: Cristiana Menezes

Origem: Irlanda/Escócia
Música: Rights of men — música tradicional irlandesa/escocesa, em referência à cultura celta

Roda das Danças Circulares das Diversidades, ação dos Projetos de Extensão Dança Circular na UFABC e Diversidades em Performances.
Local: Campus Santo André, Universidade Federal do ABC, junho de 2013
Texto e Focalizações: Andrea Paula e João Kamensky
Estagiários do Projeto de Extensão Diversidades em Performances: Danielle Bandeira e Guilherme Ohse
Vídeos: Guilherme Ohse

dancacircular.wordpress.com

Dança Circular na UFABC no sábado à tarde!

20130622_161343

Venha dançar conosco mais uma vez no próximo sábado, dia 29 de junho, das 14:00 às 16:00 horas, no sétimo andar da Torre 3 do Bloco A, ao lado do Programa de Extensão Memória dos Paladares!

As danças circulares têm reunido nossa comunidade interna e externa, trazendo para o convívio e a valorização das diversidades culturais muitas pessoas de Santo André, São Bernardo do Campo e também de São Paulo.

O prazer e a alegria de dançar em toda trazem também conhecimento, autoconhecimento, união e invenção de novas comunidades. Assim, a Universidade abre suas portas para que todas as pessoas possam se encontrar e conviver em seus espaços, pois a arte e a cultura para todos precisam fazer parte do cotidiano acadêmico e da vida cultural e artística da nossa região metropolitana do ABC.

A Roda das Danças Circulares das Diversidades é uma atividade de extensão universitária desenvolvida pelos Projetos Dança Circular na UFABC e Diversidades em Performances, com apoio do Programa de Extensão Memória dos Paladares: participem!

Mais em: Dança Circular na UFABC

Roda das Danças Circulares das Diversidades na UFABC

Dia do Círculo Ensolarado: 15 de junho de 2013

Início da Roda Semanal de Danças Circulares das Diversidades na UFABC!

2013-05-11 16.29.09

Participantes da Roda Semanal de Danças Circulares das Diversidades na UFABC

11 de maio de 2013, Campus Santo André

No último sábado, dia 11 de maio, teve início a Roda Semanal de Danças Circulares das Diversidades na UFABC!

Neste quadrimestre, essa atividade de extensão está em desenvolvimento todos os sábados, das 14:00 às 16:30 horas, no sétimo andar da Torre 3 do Bloco A, no campus Santo André, e é uma parceria dos projetos Dança Circular na UFABC e Diversidades em Performances, que realizaram duas oficinas em abril e maio em Santo André e em São Bernardo, contando com a participação de dezenas de pessoas, tanto da comunidade acadêmica quanto da comunidade externa.

Nossa Roda Semanal de Danças Circulares das Diversidades agora também conta com o apoio e a parceria do Programa de Extensão Memória dos Paladares, cujo espaço é anexo ao saguão em que dançamos, e que abriga atividades relacionadas à memória e à cultura alimentar, entre elas nossas confraternizações que ocorrem nos intervalos das danças.

Assim, nosso convívio com a arte da dança também será entrelaçado com a arte culinária, em vivências e oficinas programadas para acontecer até o final do ano, fazendo com que a comunidade transforme o ambiente acadêmico também num espaço acolhedor, criativo e de conhecimento acerca da arte e da cultura dos povos!

As atividades são abertas e todos estão convidados: participem!

2013-05-11 16.29.39

“Eu vim à Dança
Como isto tudo aconteceu, nenhuma fantasia o diz,
Contudo, todo o meu Desejar e todo o meu Querer
Oscilavam com o Amor nos mesmos Círculos
Que conduzem nosso sol e todas as estrelas.”

Bernhard Wosien (1908-1986), bailarino e coreógrafo, criador do movimento cultural das Danças Circulares