Peça Sangoma

Imagem

Até o dia 9 de novembro, todo os sábados, às 20 horas, de graça, tem a peça teatral Sangoma.

Com direção geral de Kleber Lourenço, direção musical de Naruna Costa e texto assinado conjuntamente por Cidinha da Silva e Capulanas Cia. de Arte Negra, o espetáculo discute temas relacionados à saúde das mulheres negras. Por isso o nome Sangoma, denominação dada aos povos da tradição Ngui (Zulu, Xhosa, Ndebele e Swazi), da África do Sul, praticantes da medicina das ervas, adivinhação e aconselhamento.

O espetáculo é ambientado em uma casa onde os espectadores percorrem cada cômodo sentindo de perto o depoimento das seis personagens que ali vivem. São vozes muitas vezes caladas, que despertaram do silêncio para brotar vida e relatar as enfermidades causadas em suas relações com o mundo, com o outro e os caminhos que percorreram para chegar à cura.

A construção das personagens e suas histórias de vida foram compiladas a partir de atividades de formação realizadas pelo grupo em 2012. Temas como saúde cultural, física e psíquica de mulheres negras foram fundamentais para o desenvolvimento dos textos.

SANGOMA

APRESENTAÇÕES: SÁBADOS, DE 21/09 A 09/11
HORÁRIO: 20H
ENTRADA: GRATUITA (RETIRAR INGRESSO COM 1H DE ANTECEDÊNCIA)
LOCAL: GOMA CAPULANAS
ENDEREÇO: RUA JOSÉ BARROS MAGALDI, 1121 – JD. SÃO LUÍS
LOTAÇÃO: 30 LUGARES
MAIS INFORMAÇÕES: capulanasciadeartenegra@gmail.com / (11) 2619 7694

Fonte: http://omenelick2ato.com/teatro/sangoma/

http://girasp.com.br/2013/10/grupo-de-arte-negra-apresenta-espetaculo-sobre-mulheres/

Anúncios

Roda das Danças Circulares das Diversidades!

Amanhã, dia 15 de junho de 2013, mais uma vez estaremos dançando no alto da UFABC, Campus Santo André (sétimo andar da Torre 3 do Bloco A, ao lado do Laboratório do Programa de Extensão Memória dos Paladares), às 14:00 horas.

Venha dançar conosco!

Nossa comunidade está dançando porque Danças Circulares são:

– Expressão e movimento;

– Poesia do corpo;

– Afirmação de um novo centro;

– Ondas musicais nos seres;

– Passos em sintonia;

– Diversidades;

– Brincadeiras de criança;

– Encontro de amores;

– Transformação e cura;

– Prazer da alegria;

– Arte e conhecimento;

– Convivência, amizade e generosidade;

– Descobertas e surpresas;

– Parcerias;

– Criação, recriação, criatividade!

dança circular sbh

Parceria dos  Projetos de Extensão Dança Circular na UFABC e Diversidades em Performances

Apoio do Programa de Extensão Memória dos Paladares

PROEX – UFABC – 2013