[parte 2] minicurso “A autoralidade e interdisciplinaridade artístico-científica nas HQ´s”

HQ´s autorais produzidas pelos participantes do minicurso:

Bruna do Amaral

Bruna do Amaral

_____________________________________________________

Alex Ramos

Alex Ramos

_____________________________________________________

Giovani Francesco

Giovani Francesco

_____________________________________________________

Caio Henrique Noya

Caio Henrique Noya

_____________________________________________________

Gabriel Henrique Lombardi

Gabriel Henrique Lombardi

_____________________________________________________

Bianca Fileto da Cruz

Bianca Fileto da Cruz

_____________________________________________________

[pg1] Gabriel Morelli

[pg1] Gabriel Morelli

[pg2] Gabriel Morelli

[pg2] Gabriel Morelli

_____________________________________________________

Roberto Luiz

Roberto Luiz

_____________________________________________________

Aline Suzuki

Aline Suzuki

_____________________________________________________

[pg 1] Victor Oshiro

[pg 1] Victor Oshiro

[pg 2] Victor Oshiro

[pg 2] Victor Oshiro

_____________________________________________________

Marcus Theodoro

Marcus Theodoro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

[parte 1] minicurso “A autoralidade e interdisciplinaridade artístico-científica nas HQ´s”

A área das HQ foi a mais prejudicada no mundo das artes e educação, principalmente a partir da década de 1950. Com a exacerbação de uma educação cartesiana excluindo outras maneiras de pensar (emocional-intuitiva) das instituições de ensino, os quadrinhos foram subjugados como valor de informação, e também “caçados” por supostamente atrapalharem a educação.
Porém, passado meio século, eis que os PCNs até aconselham seu uso em salas de aula, enquanto que o governo adquire álbuns e revistas em quadrinhos para as bibliotecas escolares no intuito de que sejam utilizados pelos professores de forma interdisciplinar. Ora, isso é louvável, mas ainda está longe de ser pleno, simplesmente porque a grande maioria dos professores, e principalmente a universidade desconhece a linguagem das HQ e nem sabe como usá-las, e os alunos universitários acabam por não desenvolver sua criatividade. Para um ensino mais amplo em que na universidade não apenas o aspecto racional seja incentivado (hemisfério esquerdo cerebral) mas também o criativo (hemisfério direito) é necessária a inclusão das artes, e no caso das imagens e desenhos contidas nas histórias em quadrinhos, que podem auxiliar nessa ampliação para uma inteligência sistêmica.

Além disso, as HQ se distinguem dos cartuns e charges, e há vários formatos de HQ, como as tiras como pô-la de forma útil. Sua estrutura da linguagem é única nos elementos dos balões, requadros, desenhos, vinhetas, textos etc, como em suas potencialidades de gênero. Existem também as HQ comercial e autoral e para todas as faixas etárias e distintas, sem mencionar os gêneros narrativos de HQ diversos como ficção, ficção-científica, ficção fantástica, poética, autoral-biográfica, documental, romântica, jornalística, de super-heróis, de humor crítico e social, para jornal e álbuns de capa dura, que são vendidos apenas em livrarias, como ocorre em edições normais na Europa.

Os professores Gazy e Elydio vieram à Universidade Federal do ABC, através do Diversidades em Performances, para oferecer este minicurso aos alunos, com a  especial intenção de lhes trazer o bojo teórico das temáticas envolvidas nas HQ´s, agregado a uma contraparte prática onde os oficineiros puderam desenvolver uma curta HQ autoral poética, desenvolvendo seus sensos de criação e inteligência interdisciplinar.

Ministrantes:

Gazy Andraus – Coordenador e professor do Curso de Artes da FIG-UNIMESP, Doutor pela ECA/USP
(prêmio HQMIX de melhor tese de HQ de 2006), Mestre pelo curso de Artes Visuais no IA da UNESP/SP
e arte educador pela FAAP/SP, membro pesquisador do Observatório de HQ da USP e autor independente de
HQ autoral de temática fantástico-filosófica.

Elydio dos Santos Neto – Possui doutorado em Educação (Supervisão e Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo , mestrado em Ciências da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, licenciatura em Filosofia pela Faculdade Salesiana de Filosofia Ciências e Letras de Lorena e licenciatura em Pedagogia (Administração Escolar) pela Faculdade Salesiana de Filosofia Ciências e Letras de Lorena. Participa do Observatório de Histórias em Quadrinhos da USP. Autor do projeto Biograficzine e de HQ de narrativas de vida.

Fotos do minicurso:

617114_2511707967454_1210671318_o Image1 Image2 Image4 Image6 Image8 IMGP9204 IMGP9203 IMGP9196 Image12 Image10 IMGP9205 IMGP9209 IMGP9211 IMGP9212 IMGP9213 IMGP9218 IMGP9217 IMGP9216 IMGP9215 IMGP9214 IMGP9219 IMGP9220 IMGP9222 IMGP9223 IMGP9228

[Registro] Inauguração da cozinha do programa Memória dos Paladares (Vídeos)

Registro da Performance de Inauguração do Laboratório-Cozinha do Programa de Extensão Memória dos Paladares (2012), da Universidade Federal do ABC, financiado pelo MEC.

Equipe do Projeto de Extensão Diversidades em Performances – UFABC : Andrea Paula dos Santos, Victor Oshiro, Carla Caciana, Marcus Theodoro

sdadadadad

UFABC para Todos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nos dias 18 e 19 de Outubro (2012), a UFABC abriu suas portas para visita durante o “UFABC para Todos”. As mais de 20 atividades que ocorreram durante o evento apresentaram aos visitantes: experimentos, oficinas, palestras e mesas redondas. A temática das apresentações dividiu-se em aspectos relacionados à vida universitária, conteúdo programático das disciplinas e cotidiano da juventude brasileira. O Diversidades em Performances mais uma vez esteve presente, com a exposição dos cavaletes personalizados (Cavalete Parade – pelo grupo do projeto em integração com alunos das disciplinas “Identidade e Cultura” e “Conflitos Sociais”), que deram uma cor diferente ao piso vermelho da Universidade nos dois dias de evento.

[Registro] Cavalete Parade (vídeos)

 

_

 

 

259\2012 – local: Universidade Federal do ABC, Bloco SIGMA (São bernardo do Campo)

Atividade: Cavalete Parade
Integração do Projeto de extensão “Diversidades em Performances” às disciplinas “Identidade e Cultura” e “Conflitos sociais”.